Hipnoterapia, Tratamentos com Hipnose

Resultados do Tratamento com Hipnose Clínica

Compartilhe: Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInShare on TumblrShare on StumbleUponShare on RedditPrint this pageEmail this to someone

É mais difícil afastar-se de hábitos ou crenças antigas, do que aceitar novas. Mesmo que nos façam mal, que nos prejudiquem ou que não nos ajude. Quando temos um caminho já trilhado, conhecido, fácil, relutamos em abandoná-lo, queremos continuar. Em detrimento de um caminho novo, desconhecido, mas que pode nos proporcionar novas e infinitas possibilidades.

Com conteúdos e técnicas modernas e naturalistas, ou seja, uma terapia personalizada a Hipnose surpreende.

Com a Hipnose não é diferente, ainda temos resistência em vê-la como uma ciência capaz de curar as dores da alma.
Tanto profissionais da área de saúde, que talvez sejam os mais resistentes, como aqueles que sofrem com as questões emocionais, vemos relutância em perceber que a hipnoterapia figura entre os melhores modelos de psicoterapia.

Com conteúdos e técnicas modernas e naturalistas, ou seja, uma terapia personalizada a Hipnose surpreende. Estudos cada vez mais abundantes, vem comprovando sua eficácia. E que bom que o ser humano é capaz de descobrir e desenvolver novas maneiras de cuidar do outro, abreviando ao máximo a dor e o sofrimento.

Resultados do Tratamento com Hipnose

Uma análise publicada na revista American Health Magazine, elaborada pelo psicólogo americano Alfred A. Barrios, Ph.D., revelou as seguintes percentagens de recuperação em pacientes que se submeteram a três diferentes formas de terapia:

Psicanálise: 38% de recuperação após 600 sessões (cerca de 11 anos e meio);

Terapia Comportamental: 72% de recuperação após 22 sessões (cerca de 6 meses);

Hipnoterapia: 93% de recuperação após 6 sessões (cerca de 1 mês e meio).
A hipnoterapia trata o paciente como ser único, por isso os resultados que na comparação nos surpreende. Essa é uma estatística formada de indivíduos e não de uma multidão. Uma abordagem terapêutica específica e não genérica.

Odair J. Comin
Psicólogo Clínico, Especialista em
Hipnoterapia e Escritor.

You Might Also Like