Imprensa

Romantismo e os Homens

Romantismo

Por Rubens Vitti Jr.

Para eles, a coisa é séria

Romantismo e vontade de constituir família eram características quase que exclusivas das mulheres há pouco tempo. Hoje, os homens buscam um relacionamento sério, navegando contra a maré das “ficadas” nos fins de semana. Uma pesquisa feita com 20 mil solteiros pelo site de relacionamentos ParPerfeito.com, afirma que 43% das mulheres manifestam o desejo de ser mãe, enquanto 66% dos homens querem ser pais. Cerca de 70% deles, também admitem existir amor à primeira vista, mas 40% das mulheres disseram que jamais se apaixonaram assim tão fácil. Outro dado é que 46% dos homens abrem mão de atividades individuais enquanto 35% das mulheres querem liberdade para sair com as amigas.

O consultor Carlos Nazato, 21, conta que já teve muitas experiências de relacionamentos descartáveis, mas hoje busca uma parceiras estável. “Quero saber como é ficar junto, buscando frutos de um relacionamento sério”, afirma. Ele conta que isso faz parte do seu momento atual, onde procura uma estabilidade tanto profissional como pessoal. Aos 26 anos, o engenheiro de produção Steven Nastrini defende a ideia de que os homens estão procurando um relacionamento sério, sim, mas as mulheres é que não estão querendo. “Já tive algumas experiências nesse sentido”, conta. “Estou procurando um relacionamento sério mesmo, com algum objetivo. São os princípios que vem da minha família mesmo, fui tendo essa linha de pensamento”. Sua meta é estar casado até, pelo menos, os 30 anos.

Veja também: 10 sinais que indicam ciúme

O maior sonho de Rodrigo que apenas Oliveira, 26, é ter uma família. “O meu primeiro namoro foi com 16 anos e de lá pra cá eu tive cinco relacionamentos de três anos cada um. Nunca fui de ficar, sempre pensei em alguma coisa séria”, afirma. Para ele, as mulheres hoje não buscam isso e é difícil encontrar a parceira ideal. “Os critérios estão invertidos”, acredita. Ele afirma ainda que é muito mais fácil querer sexo do que uma companheira. “As mulheres estão cada vez mais tendo esse caráter, que era mais masculino. Temem perder a liberdade a ter um relacionamento sério”.

O gestor administrativo Lucas Pereira conta que seus relacionamentos eram superficiais e passageiros até muito pouco tempo. Hoje, diz ter mudado muito depois de se apaixonar. “As pessoas se engam. A vida de alguém solteiro é vazia. Sair com dez mulheres em uma noite não agrega nada. É aquela velha história de estar no meio da multidão e se sentir sozinho”, conta. A decisão de namorar veio depois de realmente encontrar alguém que interessava. “Esse negócio de pedir a mão, ter a benção dos pais, essa coisa de família. Acho legal isso. E esse alguém que apareceu é bem ao meu estilo, penso muito nisso também, tem os mesmos valores”, conta.

Veja também: Hipnose contra a insônia e a dificuldade de dormir

INSTINTO X MEIO

O psicólogo Odair Comin, afirma que o instinto natural da orientação erótica do homem revela que, depois do sexo, ele deseja novas aventuras, seduzir outras mulheres e plantar o maior número de genes. Já a mulher prefere a segurança e faz o possível para que aquele homem continue a desejando. “Mesmo assim, os comportamentos sofrem mudanças na medida em que se insere em uma sociedade com conceitos morais, éticos, regras e deveres. Dependerá também dos objetivos que estabelecer para sua vida”, afirma. Esses objetivos têm ligação com a estabilidade emocional e pode aparecer com o amadurecimento. “Normalmente isso ocorrerá em um momento em que o homem já se firmou na profissão e seu apetite para aventuras diminui. Então ele quer ter um lugar para voltar, alguém com quem compartilhar e, claro, a perpetuação por meio dos filhos. Ao mesmo tempo, com a idade há uma cobrança social para o casamento”.

O psicólogo afirma que a mulher também mudou. “Com a ascensão da mulher no mercado de trabalho, elas veem seu tempo diminuir drasticamente. Estão muito focadas em suas profissões, pois querem manter-se independentes”, afirma. “A vinda de filhos coloca um divisor, e por vezes elas têm de escolher entre profissão e filhos ou mesmo acumular as funções”, conta.

O QUE ELES QUEREM DELAS?

Buscar um relacionamento sério não é tão simples para os homens. A mulher ideal, segundo os entrevistados, é feita de diversos valores. Para Nazato, é preciso avaliá-las como um todo, ressaltando a vida profissional, família e inteligência. “O que eu acho essencial é que cada um saiba desenvolver o seu papel no relacionamento. Tem que ter amadurecimento e um joguinho de sedução”. Nastrini acredita que o fruto de um bom relacionamento é postura de cada um frente ao outro. “Caráter, honestidade, sinceridade, inteligência e simpatia são qualidades que eu tenho e espero dela”, afirma. Já Oliveira conta que procura aquilo que todos os homens procuram: boas mães e boas companheiras.

Fonte: Jornal de Piracicaba

Assine o Canal da Pantrus e Clínica Delphos no YouTube

You Might Also Like