Hipnoterapia

Hipnose Clínica: o crowdsourcing mental

hipnose clinica
Compartilhe: Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInShare on TumblrShare on StumbleUponShare on RedditPrint this pageEmail this to someone

Assim como os processos que observamos no universo dos bits, dos computadores, que buscam imitar as funcionalidades cerebrais com seus milhares de códigos, podemos pensar que a humanidade é um colossal cérebro ou um gigantesco computador, e que cada indivíduo é como um neurônio ou código. Individualmente podemos ir além de nossos limites, absorvendo e produzindo conhecimento, contudo, há limites que vão além de nossas possibilidades. Ao mesmo tempo, na medida em que nos conectamos com outros indivíduos, o que poderíamos chamar de sinapses inter-humanas, tais limiares são facilmente transpostos, indo muito além do que se pode imaginar. Com isso, o impensável acontece, chegando a resultados inalcançáveis para um único cérebro.

Hipnose e Crowdsourcing

Crowdsourcing é um termo relativamente novo, e que vem ganhando aplicações cada vez mais abrangentes, principalmente no meio corporativo. O crowdsourcing é um modelo de criação e/ou produção, que aglutina mentes ao redor do mundo, direcionadas para o desenvolvimento de produtos e ideias. O objetivo é usar o poder que se forma quando vários cérebros trabalham em conjunto, visando o mesmo objetivo. Uma multidão propondo soluções, descobrindo a melhor forma de resolver problemas e executar tarefas. Este mesmo conceito pode ser aplicado em pequena escala, ou seja, com um único cérebro, e isso se consegue por meio do transe, no processo hipnótico.

Veja também: Como é difícil fazer dieta

Na hipnose clínica, o que se busca é um engajamento amplo das faculdades mentais. Durante o transe existe uma alta atividade psíquica, todo o cérebro se ilumina; acende-se como lâmpadas acionando inúmeras ferramentas mentais. Essa ativação acontece pelo modelo de comunicação que se estabelece com o indivíduo. Normalmente é uma comunicação indireta, que tem relação com o seu modelo interno de mundo. Quando se tem essa ampla atenção do cérebro, o objetivo é direcionar toda essa energia para pontos específicos. Milhões de sinapses acontecendo simultaneamente. Durante a hipnose a energia produzida é direcionada para metas específicas. A intenção será sempre a solução, a mudança, a ressignificação, a forma diferente de pensar. Ou seja, o objetivo do paciente.

A hipnose clínica é esta poderosa ferramenta, capaz de mobilizar inúmeros recursos mentais com finalidades pré determinadas. E para fazer isso, é importante ter um diagnóstico claro, conhecer a realidade individual do paciente e traçar estratégias eficazes, além de possuir vasto conhecimento do conteúdo e da natureza humana. A intervenção que trará os melhores resultados, será aquela que conseguir juntar essas diferentes variáveis. E entregar de forma personalizada ao paciente. No momento em que o crowdsourcing mental for mobilizado, o profissional deverá agir como um maestro. Ser capaz de criar música com a junção das dezenas de instrumentos. A melodia precisa impactar, tornando-se em um agente condutor de soluções.

Odair J. Comin
Psicólogo Clínico, Especialista em
Hipnoterapia e Escritor.

Assine o Canal da Pantrus e Clínica Delphos no YouTube

You Might Also Like