HipnoCiência

Hipnose e níveis de consciência

Compartilhe: Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInShare on TumblrShare on StumbleUponShare on RedditPrint this pageEmail this to someone

Os níveis de consciência variam entre estar completamente alerta e estar em sono profundo. Estes se distinguem entre si principalmente por suas frequências de ondas cerebrais. É importante notar também que não existem limites rígidos que as separam. Em vez disso, os níveis se fundem uns aos outros, tal como descrevemos abaixo:

– Beta – Consciência total (13-25 ciclos por segundo);
– Alfa – período transitório entre estar dormindo e estar acordado – Hipnose e meditação (8-12 ciclos por segundo);
– Teta – Hipnose profunda e meditação (4-7 ciclos por segundo);
– Delta – Sono profundo (0.5-3 ciclos por segundo).
Beta é o estado de consciência total – estado normal. Alpha e Theta situa-se na categoria de estados alterados de consciência.
Estes são os estados quando modificações de comportamento têm maior probabilidade de acontecer. Sugestões dadas nestes estados vão diretamente para a mente subconsciente sem qualquer interferência da mente consciente analítica. O subconsciente não tem poder de raciocínio e aceitará as sugestões tal como estas são feitas, agindo então de acordo com elas.

Então, onde a hipnose encaixa-se nisso tudo?

A hipnose é uma das técnicas mais eficazes para se induzir um estado alterado de consciência. As sugestões podem também ser eficazes sob consciência normal (nível Beta), porém pesquisas demonstraram que elas são cerca de cem vezes mais potentes quando num estado alterado de consciência.

Quais são os outros benefícios da hipnose?

Quase 80% dos problemas físicos e psicológicos estão relacionados ao stress. E, desde que o relaxamento é a parte principal de todos os procedimentos hipnóticos, a hipnose nos permite excluir a ansiedade e a tensão de nossos ciclos normais de pensamento.

Como a hipnose se compara à meditação e a ioga?

Todos estes processos envolvem relaxamento físico e um estreitamento da consciência. No caso da hipnose, esta tem por objetivo uma tarefa ou uma meta, enquanto mentalmente trabalhamos em algo (ou meta desejada). Na meditação e na ioga, por outro lado, a consciência se move livremente, podendo levar a uma percepção mais aguçada de consciência expandida. Muitos que praticam a meditação usam a hipnose, podendo passar de um estado para outro com grande facilidade.

Fonte: Dailyindia.com

You Might Also Like