HipnoCiência

Hipnose como auxiliar da digestão

Compartilhe: Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInShare on TumblrShare on StumbleUponShare on RedditPrint this pageEmail this to someone

Existe um elo entre a digestão e o sistema nervoso central. Apesar de que os médicos não sabem o que causa a síndrome do intestino irritado, é sabido que esta pode estar ligada ao stress, afirmou o Dr. James Srour, da Gastroenterology Associates, de York, Inglaterra. Barry Hart, um psicólogo de Springettsbury Township, acredita que a hipnose pode ajudar alguns pacientes a aprender a relaxar seus corpos.

Pesquisas tem demonstrado que a hipnose é uma terapia eficaz, primariamente para pessoas com dor abdominal e diarreia, porém sem funcionar bem para pessoas estão constipadas, disse Srour. Ele posiciona a hipnose na categoria de tratamento complementar à medicina tradicional. A síndrome do intestino irritado é uma desordem funcional, disse. Isto significa que não há nada de errado com a estrutura do intestino; é a maneira que o intestino está contraindo que é anormal, disse.

Cerca de trinta por cento das pessoas tratadas em consultórios de gastroenterologia apresentam os sintomas da síndrome do intestino irritado, disse. Os médicos diagnosticam a síndrome através da exclusão de outras doenças, tais como a doença de Crohn e câncer do cólon, disse. Muitos dos pacientes são jovens, adolescentes ou adultos na faixa dos vinte ano, mas a síndrome pode ter início em qualquer idade.

Cerca de três quartos dos pacientes tratados por Hart encontram algum benefício na hipnose, que controla a dor, disse. “Os pacientes ou não respondem ou respondem positivamente, mas não há resposta negativa se a hipnose for usada com competência”, disse Hart. Através da hipnose, Hart não tenta controlar o paciente, mas chegar à habilidade do próprio paciente de curar a si mesmo. Ele ajuda a pessoa a aprender a como se acalmar. Durante a hipnose, ele pode sugerir que a pessoa pense em um fluxo corrente que se move apropriadamente ou em uma mão quente que toca seu estômago.

Receptividade à Hipnose

Os traços de personalidade que sugerem se uma pessoa é mais receptiva à hipnose incluem ser criativa ou imaginativa; ter um histórico de sonambulismo; ter a habilidade de se perder em uma boa conversação ou num bom livro e perder a noção do tempo; bem como ser capaz de confiar no terapeuta, disse Hart. Estudos demonstraram que pacientes com a síndrome do intestino irritado respondem bem à hipnose, se elas forem capazes de ser hipnotizadas, disse.

Fonte: Hypnos.co.uk

You Might Also Like