Autoconhecimento, Bem Viver

Vida Refletida para o Bem-Viver

Vida Refletida
Compartilhe: Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInShare on TumblrShare on StumbleUponShare on RedditPrint this pageEmail this to someone

Precisamos desenvolver o senso crítico e raciocinar encima daquilo que ouvimos, vemos ou lemos. Evitando assim de correr o risco de tornarmos meras marionetes do meio onde vivemos. Desenvolva o hábito de refletir sobre a vida…

De quantas formas a vida pode ser vivida? De quantas formas a vida pode ser conduzida? De quantas formas pode ser pensada? A vida deve ser “degustada” a cada momento, deve ser vivida e sentida de forma a possibilitar o máximo de prazer. A vida deve ter uma constante retroalimentação, que vise uma melhoria contínua e diária. E aqui cabe Sócrates, “a vida sem reflexão não merece ser vivida”. É preciso refletir antes de agir, é claro que às vezes precisamos de decisões muito rápidas, mas isso não deve ser uma regra e sim uma exceção. Quando se reflete sobre o próximo passo a ser dado, aumentam as chances de pisar no lugar certo, de pisar em solo firme.

A comunicação entre as pessoas é algo muito interessante e algumas vezes muito rico e proveitoso. Algumas pessoas gostam de falar, outras gostam de ouvir, quando estas encontram-se é uma maravilha, o rapport logo é estabelecido. Contudo, se a conversa for entre duas pessoas muito prolixas, ou duas monossilábicas, a dificuldade é maior, mas não que seja impossível estabelecer sintonia. Na maioria das vezes, o que vemos são pessoas que gostam de falar muito, na verdade as pessoas gostam e precisam ser ouvidas. Elas precisam contar suas angústias, seus medos, suas novidades, enfim, seu cotidiano. Entretanto, quando há uma reflexão maior na hora de expor seus pensamentos, o diálogo fica mais enriquecedor. É necessário pensar sobre o falado para que se tenha certeza de que o que está sendo comunicado, realmente está sendo entendido da forma desejada.

Leia também: Hipnose Clínica e a evolução exponencial da mente

É importante estarmos sempre percebendo como estamos agindo para que possamos continuar ou mudar se necessário. Refletir não é somente para quem fala, mas também para quem ouve, para quem lê. Assim o conhecimento pode ser encarado como o prato que mais gostamos, e quando à mesa, degustamos com prazer cada garfada. Precisamos desenvolver o senso crítico e raciocinar encima daquilo que ouvimos, vemos ou lemos. Evitando assim, de corrermos o risco de tornarmos meras marionetes do meio onde vivemos.

Vida Refletida Muito Além

Refletir vai muito além de apenas pensar, refletir é pensar sobre o pensamento. Refletir sobre a vida é como viver em dobro. Uma vida refletida permite uma lucidez maior e uma certa superioridade na resolução de problemas e conflitos. Porém, é algo muito escasso no cotidiano das pessoas. Qual foi a última vez que você refletiu sobre algo importante que ouviu?  Será que realmente é isso? Essa informação não está distorcida? A quem interessa esse tipo de dado? De que fontes provém essas informações? Será que não existem outras formas ou ângulos para se perceber e entender isso tudo? De que princípios essa pessoa está partindo para chegar a essas conclusões?

Não há reflexão sem questionamentos, o questionamento leva ao entendimento e a lucidez dos fatos. O homem só será livre quando souber pensar sua própria vida, quando souber questionar suas próprias atitudes, valores e crenças. Assim terá a possibilidade de entrar em contato com o autoconhecimento, com sua essência, sua alma.

Impactos do Amor

O amor, assim como tantos outros sentimentos, torna-se sentimento quando pensamos e refletimos sobre ele. Quando incorporamos, tornando-o parte integrante de nós, então, este passa a ter um impacto sobre o corpo, impacto sobre a psique. Do contrário, se apenas houverem pensamentos desconectados, ou palavras proferidas a esmo, não haverá sentimento de amor realmente. Quando você lembra da pessoa amada, isso desencadeia diversos pensamentos, que começam a ser associadas com imagens, com sons, cheiros, sensações corporais, e tudo isso começa a ser percebido pelos órgãos dos sentidos, que quando incorporados tornam-se um sentimento de amor.

Claro se forem bons pensamentos, o contrário também é válido, se estes forem ruins a ponto de denegrir a imagem do ser amado, um sentimento de aparente ódio pode ser desencadeado, tudo dependerá do tipo de pensamento que virá à mente. Por isso a importância da reflexão e como ela é feita, para que se perceba de onde você partiu, onde você está e onde chegará com os pensamentos que está tendo.

Refletir sobre o Conhecimento

Conhecer não é o mais difícil, difícil é pensar sobre o conhecimento. Na medida em que nos acomodamos frente a algo que conhecemos, perdemos a riqueza que a reflexão encima deste conhecido poderia nos proporcionar. A verdade é que pensar dá trabalho e estamos cheios de trabalho. Entretanto, se assim pensarmos o conhecimento não passará de simples informações, algo a mais para nosso arquivo de memórias. Se houver questionamento ao que nos foi apresentado, então realmente apreenderemos um saber. Começaremos e perceber, ver e sentir coisas que antes não percebíamos, e que somente com a reflexão, isso foi possível.

Nosso objetivo é a essência, contudo, na maioria das vezes nos contentamos com a superficialidade, nos privamos do saber e não integramos a beleza que a essência poderia nos proporcionar. A questão é como saber se estamos na superficialidade ou na essência? Dando sempre um passo a mais, abrindo sempre uma nova porta, acendendo uma nova luz, buscando um novo caminho, ultrapassando uma nova barreira, vencendo um novo desafio. Pode existir limites para a superficialidade, mas não para e essência, na essência pode haver limites, todavia servem para serem ultrapassados.

Leia também: Desenvolva o Autoconhecimento 

Pensar e Refletir

Pensar, pensar e pensar. O pensamento traz luz onde antes havia escuridão, o pensamento traz força onde antes havia fraqueza, traz coragem onde antes havia medo, o pensamento traz amor onde antes havia ódio, porém deve-se ter cuidado, deve-se ter temperança, pois o contrário também é verdadeiro. É difícil responder porque as pessoas privam-se tanto de pensar. Sabemos que às vezes pensar causa medo, traz insegurança, aumenta nossas angústias e então preferimos não pensar, assim, evitamos o sofrimento que precede a felicidade. Preferimos não pensar e voluntária ou involuntariamente escolhemos não viver, escolhemos não sentir prazer, não ter felicidade, escolhemos não experimentar o bom que existe por trás do pensar.

A reflexão gera novos movimentos, transformações e mudanças. Mudar e mudar para melhor, são algo muito diferente, por isso junto com a mudança, deve-se ter a reflexão sempre presente, para que a mudança seja realmente para melhor, para que não hajam tantas frustrações. Estamos sempre mudando nossa concepção de vida e na maioria das vezes, senão sempre, achamos que foi para melhor, mas esse melhor precisa ser constantemente avaliado, para não correr o risco da estagnação, do retrocesso. A mudança é a própria metamorfose da vida que nos acompanha dia a dia, nos. Com tudo isso, a vida nos ensina que sem reflexão não há verdadeira aprendizagem.

Assine o Canal da Pantrus e Clínica Delphos no YouTube

Odair J. Comin
Psicólogo Clínico, Hipnoterapeuta e Escritor.
Autor do livro: “Senhor de Si Mesmo”

DelphosInterativo: Compartilhe e converse com seus amigos sobre este artigo.

*Adquira o livro Senhor de Si Mesmo

You Might Also Like